A sopa que é um presente dos deuses

Setembro 15, 2018by orinam0
Mis-1280x490.png

Reconfortante e deliciosa, partilhamos convosco a receita da Sopa Miso.

Para os japoneses o miso – que é uma pasta resultante da fermentação natural do soja ou de cereais como o arroz ou a cevada –  foi um presente que os deuses fizeram à humanidade para garantir a saúde, a longevidade e a felicidade do homem.
Desde há muitos séculos tem sido o alimento básico da alimentação oriental, e pouco a pouco tornou-se popular em todo o mundo principalmente pelas suas propriedades medicinais. E é principalmente por este motivo que o aconselhamos a todos aqueles que procuram através da alimentação a prevenção e a cura de inúmeras doenças.
Na cozinha macrobiótica é considerado como um remédio caseiro para a cura de patologias de saúde, e para a estimulação dos nossos órgãos ou funções internas.
Este alimento é excelente para desintoxicar e ajudar o organismo a eliminar efeitos nocivos da poluição ambiental e de detrimentos radioactivos. É o melhor alimento de origem vegetal para ajudar a recriar a flora intestinal e criar um sistema digestivo saudável – Francisco Varatojo

Fonte de proteínas vegetais de qualidade, contém todos os aminoácidos essenciais e de fácil assimilação.

Outros benefícios:

  • Fortalecimento e alcalinização do sangue (quem já fez um dos nossos workshops já conhece a máxima “em corpo alcalino não existem condições para a doença”)
  • Fortalecimento do estômago e dos intestinos
  • Estimulação do sistema nervoso
  • Eliminação de toxinas causadas por desequilíbrios alimentares, pela toma de medicamentos, consumo de tabaco ou álcool (ajuda a eliminar nicotina, o excesso de álcool)
  • Prevenção da radioactividade do meio ambiente causada pelo uso de aparelhos electrónicos (computador, telemóveis, wireless…)
  • Prevenção de alergias
  • Regulação dos níveis de colesterol através da eliminação de toxinas

Como podem ver não existem motivos para não se apaixonar por ele! É um verdadeiro alimento vivo e energético, um meio eficaz para prevenir inúmeras doenças, principalmente as tão faladas doenças degenerativas!

No entanto há um aspecto essencial em relação à sua confecção: pelo facto de conter bactérias e enzimas vivas que favorecem a digestão, é aconselhável adicioná-lo apenas no final dos cozinhados e fora do lume – e, muito importante, nunca deixar ferver!

O miso mais comum é o miso de cevada, mas também existe o miso de arroz e o miso de soja e sal. Para a cozinha do dia-a-dia sugerimos o miso de cevada. Como regra geral, utiliza-se cerca de uma colher de café de miso por tigela de sopa. O miso é tradicionalmente diluído num pouco de água fria.

O miso tem uma duração ilimitada se for guardado no frigorífico. A sua aparência tornar-se-á mais escura e tomará um sabor mais rico com a idade, aumentando o seu potencial medicinal.

Sónia

 

SOPA MISO

INGREDIENTES

2 Vegetais à escolha (alho francês, cenoura, nabo, cebola)

1 tita de alga Wakame desidratada

1 colher de café de pasta de miso por cada tigela de sopa

Cebolinho ou outra erva aromática a gosto

PREPARAÇÃO

Demolhe a alga durante 5 a 10 minutos. Num tacho, coloque a quantidade de água proporcional à quantidade de sopa pretendida, adicione a alga cortada e deixar a cozinhar cerca de 5 minutos.
Corte os legumes, adicione à água quente e deixar cozinhar mais 10 minutos (conforme o tipo de corte).
Fora do lume, dilua o miso  (½ a 1 colher de café por pessoa) num pouco de líquido do caldo e verta para a panela. Deixe em lume brando cerca de 2 minutos e, depois disso, apague o lume.
Sirva com o cebolinho, ou salsa/ coentros picados.

orinam

Scroll Up